A aventura de um lamecense perdido em terras andinas!
Terça-feira, 10 de Abril de 2007
Pascoa@Pucon
Estou de volta. Que aventura que foram estes ultimos dias! Como de costume lá me meti em muitas trapalhadas e arranjei mais algumas historias para depois contar aos netinhos.
Esta Páscoa pela primeira vez estive fora de Lamego, cheio de saudades da família, e da comidinha da época em geral ( os chilenos ficam abismados quando explico que comemos os leitõezinhos :) , ai que mal!

Bem mas para passeio, não podia ter sido melhor o local, um verdadeiro show turistico em que num raio de 50 km se pode fazer praticamente todo o tipo de actividades... das que me lembro... praia, desportos aquaticos, montanhismo, espeleologia, treking, todo o tipo de desportos radicais como rafting, termas, cicloturismo, casino, paisagens, bosques, pesca, blablabaa   bem sem falar em subir a um vulcão activo... isto tudo num sitio do mais pitoresco em que quase tudo é construido em madeira!

É qualquer coisa, foram dois dias a mil à hora em que tentei fazer o máximo possivel, e por isso paguei mais tarde...

Enfim, depois de chegar na sexta ficou logo acertada a subida ao vulcão no dia seguinte, às 4:00 da manhã! A ideia é apanhar o nascer do sol a meio da subida... Bem com isso tudo, com todas as ganas de subir estava pronto  MAS não houve subida... de noite choveu e tivemos de voltar para casa.... dormir depois do barrete é que foi complicado!

No dia seguinte de manhã como o vulcão continuava coberto e ainda havia muito para ver optamos por fazer cicloturismo, MAS, não nos avisaram que o percurso pitoresco que nos tinham aconselhado, para alem de bastante duro, tinha um piso terrivel... 15 km bem complicados e peripecias diversas, no meio de uma paisagem deslumbrante, foram coroadas com a chegada a Ojos del Cabruja, onde tem umas cascatas muito engraçadas.

So que esta brincadeira começou a fazer efeito e o cansaço era algum quando chegamos à ligação à estrada e estávamos a 20 km de Pucon e começava a ser tarde... bem, pela primeira vez na minha vida pedi boleia, e tive uma sorte terrivel, um casal chileno muito porreiro levou-nos a nos e às bicicletas ate Pucon, literalmente salvando-nos do desastre,,,

Bem, os miudos eram mesmo simpaticos e depois de acertarmos promenores acabámos por ir com eles a umas das termas a 30 km de Pucon, por estradas de terra (quase sempre é assim) naturais, de aguas vulcanicas, ao ar libre, Las Pozas, que são literalmente poças de água quentinha que até nos fazem ver estrelas, tambem literalmente... chegamos às 21:00 e estivemos ate depois das 24:00, a saltar de poça em poça, e do quente para o frio, isto sempre com o ceu mais estrelado que me lembro de ter visto em toda a minha vida! Bem, inesquecivel!

Como podem calcular chegamos tarde, e aqui o "heroi" cismava ainda com a subida ao vulcão, logo cometi a loucura de estar novamente aparelhado para subir, desta vez com menos de uma hora de sono e completamente estoirado, apesar dos banhos quentes....

Conclusão, la estava eu às 5:00 no sopé do vulcão com um frio do caraças, mal vestido (tinha todo o tipo de roupa que n é aconselhado para isto, com botas emprestadas com que nunca tinha andado e meio zombi pelo sono).

Lá fomos subindo os 5 km que demoram cerca de 6 horas a subir e 2 horas a descer, no percurso mais terrivel que eu ja percorri (e ja percorri alguns bem lixados!!!) a enterrar-me na gravilha, ou a desiquibrar-me por não estar habituado às botas.... De noite, em fila, la fomos subindo com os guias, com algumas pessoas a desistir nas primeiras rampas, e eu meio zombi, meio atordoado....

O terreno foi ficando cada vez pior e à medida que amanhecia e a paisagem começava a meter medo de tão espetacular, eu começava a ter as minhas pernas cada vez mais presas. Apesar da altitude e da dificuldade em respirar, e também do relevo que mais parecia ser lunar que vulcanico, comecei a simplesmente não conseguir andar, de tal forma que estava no primeiro grupo e tive de parar. Comecei a olhar para baixo e a pensar na descida e tive de desistir, precisamente a meio, com o glaciar a um passo e a 2,5km do cume, porque não há nada pior que fazer descidas quando não controlas bem as tuas pernas, é meio caminho andado para o desastre (não é Miguel?).

Foi complicado porque queria mesmo ter la chegado, mas os disparates e o cansaço acumulado foram mais fortes! Tive de esperar por um dos guias que estava a recolher outros desistentes para poder descer, durante uma hora tive o mundo a meus pés e pude ouvir o silêncio mais profundo que deve existir. Quase conseguia ouvir o meu coração a bater, simplesmente fantástico de tal modo que consegui ouvir o regresso do guia ainda ele era um pontinho no horizonte. Claro também apanhei um frio do caraças e com um sol que queimava mais que tudo!

Bem aparte da desilusão, ficaram as fotos fantasticas e a viagem surreal outra vez na mala de uma pick up de regresso a pucon!

Fiquei siderado com esta terrinha e ja tenho combinado de voltar em novembro, desta vez para me divertir à grande com as coisas bem planeadas e com uma subida ao vulcão, que nesta altura se cobre de neve! (quando cismo.... nunca fiquei a meio de uma etapa, em novembro vingo-me a sério)
Quem quiser acompanhar-me já sabe, agora pucon já não me é estranha e ficou tanta coisa por fazer....

Bem isto é um resumo de tudo o que se passou, mas agora que finalmente vou descansar, depois de ter regressado hoje de madrugada, a tempo de um banho antes de ir para o trabalho, depois de uma viagem de 8 horas de autocarro!!! Ainda a tempo da hora de ponta do transantiago...., pode ser que  me lembre de mais algumas coisas!

;)


publicado por Llama Nando às 05:11
link do post | favorito
|

2 comentários:
De Gachi a 10 de Abril de 2007 às 09:44
grande findi, daqueles que deviam ter mais 5 dias, né? foi curto para tudo...
Em relação ao céu estrelado, eu já tive essa sensação de uma das vezes que fui aos Picos da Europa, acampei num parque que ficava a uma altura considerável, é fantástico ver uma quantidade enorme de estrelas que nas cidade é impossível ver pelos mais diversos motivos, o principal é a poluição.
Diverte-te!!!!

hugsssss


De lidia a 10 de Abril de 2007 às 10:03
q fixe!!!!

ainda bem q n conseguiste.. assim qd em novembro ai formos vai ser novidade p toda a gente!! :) dp so tens de aconselhar o q levar p calçar e vestir, agora q jé es expert na materia :)

bom regresso ao trabalho!
beijo


Comentar post

Quién soy yo????
posts recentes

Esperando o Inesperado!

Que grande volta!!!!

2007...2008

Piro manias

Italia che cosa voglio fa...

Adeus Santiago!

Ferias em Buenos Aires e ...

Viagens pelos antípodas.....

Mais um historria de Crrr...

Rapa Nui. A minha viagem ...

arquivos

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

pesquisar
 
links
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

28
29
30
31


Visitantes
plants
plants Counter
Info
Mapa do Chile

blogs SAPO
subscrever feeds